O historiador como intelectual mediador da cultura

Alex Fernandes Borges

Resumo


O presente artigo visa analisar teoricamente a possibilidade de se qualificar o historiador, tomando por base uma tipologia ideal extraída da teoria da história de Jörn Rüsen, como um intelectual mediador, notadamente com base no conceito proposto a partir dos estudos de mediação cultural desenvolvido por Jesús Martín-Barbero e recentemente sistematizado no país por Ângela de Castro Gomes e Patrícia Hansen. Diante disso, articulou-se as hipóteses em três eixos: caracterização do intelectual mediador da cultura como uma categoria de análise compreensiva; instituição de um tipo ideal de historiador nos moldes weberianos e; a subsunção deste àquela.

Palavras-chave


Teoria da História. Historiador. Intelectual Mediador.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.30612/rehr.v11i21.7333

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.