O MOVIMENTO OPERÁRIO NA PRIMEIRA REPÚBLICA, DEBATES, CONSIDERAÇÕES E CONTRIBUIÇÕES

EDUARDO MATHEUS DE SOUZA DIANNA

Resumo


Este artigo tem como objetivo apresentar algumas características gerais do movimento operário brasileiro, seus embates, lutas e dificuldades nos anos que compreendem a Primeira República (1889-1930). Para preencher o loco da desorganização operária no início do século, devido a tardia industrial ização do país, é fundada dentro do Primeiro Congresso Operário, a Confederação Operária Brasileira (COB), esta, por sua vez contribuiu muito para o movimento operário e suas lutas. Discutir-se-á também o papel da imprensa operária no período, principalmente aquela ligada aos ideais do anarquismo. Nesse âmbito, priorizaremos a análise do jornal anarquista “A Plebe”, precisamente no período entre junho a outubro de 1917, meses estes que concentraram uma profunda agitação dos trabalhadores pelo Brasil, que culminou na grande Greve Geral de 1917.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.