Informação e memória – as relações na pesquisa

Carlos Xavier de Azevedo Netto

Resumo


A relação entre informação e memória tem sido temática de pesquisa em diversos grupo e disciplinas no país. O aumento e desenvolvimento das pesquisas são inerentes, diretamente ou indiretamente, ao processo de globalização. Dentro do universo de estudo que estão sendo levados a cabo, na realidade observada no nordeste brasileiro optou-se por discutir a relação entre informação e memória sob o prisma da questão do patrimônio cultural, quer de natureza material, quer imaterial, de modo sincrônico ou diacrônico.Assim, foi constituído um grupo de pesquisa no Núcleo de Documentação e Informação Histórica Regional, da UFPB,. Dentro desse grupo foi construída uma linha de pesquisa denominada de “Informação e Memória”, de modo multidisciplinar e multi-institucional, abrigando pesquisadores das áreas de arqueologia, história, museologia e biblioteconomia, de universidades do nordeste e sudeste. A sua consolidação parte dos pressupostos da Ciência da Informação, Arqueologia, História, antropologia e as teorias da representação e semiótica, adotando como suporte os elementos da cultura material como forma de aproximação da cotidianidade através da recuperação informacional dos seus atributos constitutivos. As temáticas estão centradas na questão do patrimônio cultural, primeiramente a cultura material, como forma de reconstruir e agrupar as referências de memórias coletivas para a formação e consolidação de identidade, representadas nos vestígios de documentos e monumentos oriundos da cultura material. E essas abordagens estão centradas na questão da produção, tratamento, organização e disseminação da informação patrimonial com vistas a consolidar processos de criação e solidificação da cidadania.

Palavras-chave


Informação. Memória. Cultura Material.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.