O IMPERIALISMO E A REPRESENTAÇÃO DO CONGO EM TINTIM NA ÁFRICA

Lúcio De Franciscis dos Reis Piedade Filho

Resumo


Este texto discorre acerca do imperialismo em seus contextos histórico, econômico e social, e o impacto dessa política nos países do continente africano. Inclui-se a definição do termo neocolonialismo, a questão do desenvolvimento técnico na Europa do final do século XIX, a corrida colonialista e a partilha da África negra pelas potências industriais européias. O estudo recairá sobre o Congo Belga, e a partir daí será abordada a representação do país em questão na história em quadrinhos Tintim na África. Será apresentada, antes e sumariamente, a biografia do autor da obra, o belga Hergé, e o contexto histórico no qual ele se inseria. Na perspectiva do período tratado pela obra, a década de 30 do século XX, serão levados em consideração os seguintes aspectos: a supremacia do homem branco, os embates entre o colonizador e os colonizados, as missões cristãs “civilizadoras” e a exploração no Congo Belga.


Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.