O Vale do Jaguari no processo de construção da fronteira Oeste do Rio Grande do Sul

Hermes Gilber Uberti

Resumo


O presente artigo tem como propósito discutir o processo de construção da fronteira oeste do Rio Grande do Sul analisando as principais estratégias empreendidas pelos luso-brasileiros após terem incorporado aquela região a seu império. Entre as táticas utilizadas destaca-se a concessão de sesmarias e a fundação de povoados, mas particularmente nos interessa os negócios realizados entre o Vale do Jaguari e o povoado fronteiriço de Uruguaiana, para onde seguiam produtos de origem animal, gêneros agrícolas e madeira. Sendo que tais produtos eram transportados principalmente através de embarcações e carretas que, ao retornarem à porção central do estado, traziam diversos tipos de mercadorias manufaturadas.

Palavras-chave


Fronteira. Vale do Jaguari. Integração Comercial.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.