O ANTICOMUNISMO E A ESQUERDA MILITAR NO BRASIL: uma análise historiográfica

Carlos Henrique Lopes Pimentel

Resumo


O presente trabalho propõe um debate historiográfico sobre as práticas anticomunistas nas Forças Armadas Brasileiras e a existência de uma esquerda militar no país. Tal perspectiva baseia-se no entendimento que estas temáticas estão intimamente ligadas e se constituem como alicerces para a compreensão de importantes episódios da história republicana do Brasil, como os regimes de exceção de 1935-1937 e de 1964-1985, apesar de terem sido marginalizadas nos estudos históricos. A análise historiográfica versa sobre as obras Os Novos Bárbaros: Análise do Discurso Anticomunista do Exército Brasileiro, de José Roberto Martins Ferreira; Em guarda contra o “Perigo Vermelho”: o anticomunismo no Brasil (1917-1964), de Rodrigo Patto Sá Motta; A invenção do Exército brasileiro, de Celso Castro; A Esquerda Militar no Brasil e A Esquerda Militar no Brasil: da Coluna à Comuna, de João Quartim de Moraes; Um olhar à esquerda, de Paulo Ribeiro da Cunha.


Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.