Inclusão escolar e a formação docente no curso de pedagogia

Silmara de Oliveira Gomes Papi, Edinéia de Fátima Paulino Santos, Maureen Daiane da Mota

Resumo


O estudo discute a formação de professores para contextos inclusivos. Busca compreender como os(as) alunos(as) egressos(as) do curso de Pedagogia de uma universidade pública paranaense percebem sua formação para a atuação, no ensino regular, com alunos público-alvo da educação especial. Os objetivos foram: analisar as contribuições do curso para a formação docente no que diz respeito à inclusão, no ensino regular, de alunos atendidos pela educação especial; e, identificar as necessidades/facilidades apontadas pelos(as) egressos(as), em relação à formação recebida para a docência com alunos especiais, no ensino regular. Desenvolveu-se um estudo qualitativo (LÜDKE; ANDRÉ, 2012) a partir de autores como Bartalotti (2006), Imbernón (1998), Mantoan (2006; 2011) e Marcelo (1999). O instrumento de coleta de dados utilizado foi o questionário, elaborado com questões fechadas e semiestruturadas. Os resultados apontam que as egressas percebem como uma das dificuldades vivenciadas na sua formação o pouco tempo propiciado pelo curso para o estudo de conteúdos relacionados à inclusão, a dificuldade na articulação teórico-prática. Destacam-se, ainda, aspectos positivos, dentre eles o fato de que o curso contribuiu para melhor a compreensão do paradigma da inclusão.

Palavras-chave


formação de professores. Inclusão. Curso de Pedagogia.

Texto completo:

PDF

Referências


BARTALOTTI, Celina Camargo. Inclusão social das pessoas com deficiência: utopia ou possibilidade. São Paulo: Paulus, 2006.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial. Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. 2008. Brasília: MEC/SEESP. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/politica.pdf Acesso em: 13

jul. 2013.

FERREIRA, Maria Cecília Carareto; FERREIRA, Júlio Romero. Sobre Inclusão, Políticas Públicas e Práticas Pedagógicas. In: GÓES, Maria Cecília Rafael; LAPLANE, Adriana Lia Friszman. Políticas e práticas de educação inclusiva. São Paulo: Autores Associados, 2007.

GLAT, Rosana; SANTOS, Mônica Pereira; SOUZA, Luciane Porto Frazão; XAVIER, Kátia Regina. Formação de professores na educação inclusiva: Diretrizes políticas e resultados de pesquisa. 2006. XIII Encontro Nacional de Didática e Prática de Ensino, Pernambuco. Disponível em: http://www.lapeade.com.br/publicacoes/artigos/ENDIPE%202006.pdf Acesso em: 18 ago. 2013.

IMBERNÓN, Francisco. Lá formación y el desarrollo Professional del professorado: hacia una nueva cultura profesional. Barcelona: Graó, 1998.

LÜDKE, Menga; ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo Afonso. Pesquisa em educação: abordagem qualitativa.São Paulo: E.P.U., 2012.

MACEDO, Natália Neves. Formação de professores para a educação inclusiva nos cursos de Pedagogia das Universidades Públicas Paulistas. 2010.Dissertação. Programa de Pós – Graduação em Educação Especial, Universidade Federal de São Carlos. Disponível em:

http://www.bdtd.ufscar.br/htdocs/tedeSimplificado//tde_busca/arquivo.php?codArquivo=3782 Acesso em:31 ago. 2013.

MARCELO, Carlos. Formação de professores: para uma mudança educativa. Porto: Porto Editora, 1999.

MARCELO, Carlos; VAILLANT, Denise. Desarrollo professional docente: ¿Cómo se aprende a enseñar? Madrid: Narcea, 2009.

MANTOAN, Maria Teresa Eglér. Inclusão escolar: pontos e contrapontos. São Paulo: Summus, 2006.

______. Inclusão escolar: caminhos, descaminhos, desafios, perspectivas. In: MANTOAN, Maria Teresa Eglér. (Org.). O desafio das diferenças nas escolas. Rio de Janeiro: Vozes, 2011.

PEDROSO, Cristina Cinto Araújo; CAMPOS, Juliane Aparecida de Paula Perez; DUARTE, Márcia. Formação de professores e educação inclusiva: análise das matrizes curriculares dos cursos de licenciatura. 2013. Revista Educação Unisinos, 1 (17). Disponível em: http://revistas.unisinos.br/index.php/educacao/article/view/edu.2013.171.05 Acesso em: 31 ago. 2013.

RODRIGUES, David. Desenvolver a educação inclusiva: Dimensões do desenvolvimento profissional. 2008. Inclusão: Revista da Educação Especial. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=17009&Itemid=913 Acesso em: 25 jul. 2013.

TEIXEIRA, Lia Cardoso Rocha Saraiva; OLIVEIRA, Ana Mourão. A relação teoria-prática na formação do educador e seu significado para a prática pedagógica do professor de biologia. 2005. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, 3 (7). Disponível em: http://www.portal.fae.ufmg.br/seer/index.php/ensaio/article/view/102/151 Acesso em: 08 nov. 2013.

TRIVIÑOS, Augusto Nibaldo Silva. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.