Inclusão escolar do aluno surdo

Jakellinny Gonçalves de Souza Rizzo, Karla Benites

Resumo


A escola está preparada para receber o estudante surdo? Esta pergunta deu norte a esse estudo, buscando pensar nas condições da educação qual o aluno surdo está inserido atualmente nas escolas regulares, considerando, os direitos das pessoas surdas quanto ao acesso a educação e ensino de qualidade, no cenário da educação inclusiva. Por meio de pesquisa bibliográfica de cunho qualitativo objetivou-se discutir a in/exclusão das práticas pedagógicas direcionadas aos alunos surdos, indagando como acontece essa in/exclusão no contexto escolar. Realizou-se uma revisão de literatura acerca do tema proposto. Dentre os autores estudados destacamos Damásio (2007), (2010) e Lacerda (1998), (2006). Esta pesquisa mostra-se relevante para podermos refletir às condições quais os alunos com surdez vem sendo submetidos nas escolas regulares atualmente.

Palavras-chave


Educação de surdos. Inclusão/exclusão. Escola.

Texto completo:

PDF

Referências


ALBRES, Neiva de Aquino. História da Língua Brasileira de Sinais em Campo Grande – MS Editora ARARA AZUL - Petrópolis / RJ. Disponível em: www.editora-arara azul.com.br. Acesso em 09/11/2019.

ARNAL, Leila de Sousa Peres. Educação escolar inclusiva: a prática pedagógica das salas de recursos. 2007 133 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual de Maringá. Maringá, 2007.

ALVES, C.; FERREIRA, J. P.; DAMÁZIO, M. F. M. A Educação Especial na Perspectiva da Inclusão Escolar: Abordagem Bilíngue na Escolarização das Pessoas com Surdez. Brasília: MEC/SEESP/UFC, 2010.

BATALHA, Denise Valduga. Um breve passeio pela política nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva Brasileira. In: IX Congresso Nacional de Educação – EDUCERE, III Encontro Sul Brasileiro de Psicopedagogia. 26 a 29 de Outubro de 2009. PUCPR.

BRASIL, Decreto nº 5.626, de 22 de Dezembro de 2005. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2005/decreto/d5626.htm. Acesso em: 15/11/2015.

BRASIL. Diretrizes Operacionais do Atendimento Educacional Especializada na Educação Básica, modalidade Educação Especial. Brasília, 2009.

BRASIL. Saberes e práticas da inclusão: desenvolvendo competências para o atendimento às necessidades educacionais especiais de alunos surdos. [2. ed.] / coordenação geral SEESP/MEC. - Brasília: MEC, Secretaria de Educação Especial, 2006. 116 p. (Série: Saberes e práticas da inclusão).

BRASIL. Educação infantil: Saberes e práticas da inclusão: dificuldades de comunicação e sinalização: surdez. [4. ed.] / elaboração profª Daisy Maria Collet de Araujo Lima – Secretaria de Estado da Educação do Distrito Federal... [et. al.]. – Brasília : MEC, Secretaria de Educação Especial, 2006.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação, CNE/CEB nº 4/2009. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/rceb004_09.pdf. Acesso em: 21/11/2019.

BRITO, L.F. Integração social e educação de surdos. Rio de Janeiro: BABEL Editora, 1993.

CAVALCANTI, Wanilda Maria Alves. Fundamentos da Educação de Surdos. 2015. UFPB. Disponível em: http://biblioteca.virtual.ufpb.br/files/fundamentos_e_educacao_de_surdos_1462973605.pdf. Acesso em 21/11/2019.

DAMÁZIO, Mirlene Ferreira Macedo. Formação Continuada a Distância de Professores para o Atendimento Educacional Especializado: pessoa com surdez/ SEESP/SEED/MEC – Brasília/DF – 2007.

DIAS, V. L. L. Rompendo a barreira do silêncio: interações de uma aluna surda incluída em uma classe do ensino fundamental. 2006. 164f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Faculdade de Educação, Rio de Janeiro, 2006.

FONSECA, J. J. S. Metodologias da pesquisa científica. Fortaleza: UEC, 2002. Apostila.

GESSER, Audrei. Libras?: Que língua é essa?: crenças e preconceitos em torno da língua de sinais e da realidade surda. São Paulo: Parábola Editorial, 2009.

GUARINELLO, A.C.; MASSI, G.A.A.; BERBERIAN, A. P. Surdez e Linguagem Escrita: um estudo de caso. Revista Brasileira de Educação Especial, v.13, p.205-218, 2007.

GOLDFELD, Marcia. A criança surda: Linguagem e cognição numa perspectiva sócio-interacionista. São Paulo: Plexus, 1997.

LACERDA, Cristina Broglia Feitosa de. A inclusão escolar de alunos surdos: o que dizem alunos, professores e intérpretes sobre esta experiência. São Paulo, Campinas. Cadernos Cedes, v. 26, n. 69, p. 163-184, maio/ago. 2006.

LACERDA, Cristina Broglia Feitosa de. Um pouco da história das diferentes abordagem na educação dos surdos. Cad. CEDES vol.19 n.46 Campinas Sept.1998. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_nlinks&ref=000151&pid=S0104-4060201400060001200013&lng=es. Acesso em 21/11/2019.

PACHECO, J. Caminhos para a inclusão: um guia para o aprimoramento da equipe escolar. Porto Alegre: Artmed, 2007.

PADILHA, A. M. O que fazer para não excluir. Campinas: Autores Associados, 2004.

QUADROS, R. M. de. Educação de surdos: a aquisição da linguagem. Porto Alegre: Artes Médicas. 1997.

RIPPEL, Valderice Cecília Limberger. SILVA, Aline Mary da. Inclusão de estudantes com necessidades especiais na escola regular. In: 1º SIMPÓSIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO XX SEMANA DA PEDAGOGIA. 11, 12, 13, Novembro de 2008. Cascavel/PR. Unioeste.

SACKS, O. Vendo Vozes: uma Jornada pelo Mundo dos Surdos. Rio de Janeiro: Companhia das Letras, 1990.

SACKS, O. Vendo vozes: uma jornada pelo mundo dos surdos. Rio de Janeiro: Imago Editora, 1998.

SKLIAR, C. B. Uma perspectiva socio-historica sobre a educação e a psicologia dos surdos. In: Carlos Skliar. (Org.). Educação & Exclusão. 3 ed. Porto Alegre: Mediação, 1997a, v. 1, p. 105-155

SKLIAR, C. (Org.) Educação e exclusão: abordagens socioantropológicas em educação especial. Porto Alegre: Mediação, 1997.

SILVA, R. R. A educação do surdo: minha experiência de professora itinerante da Rede Municipal de Ensino de Campinas. 2003. 145f. Dissertação (Mestrado em Educação), Faculdade de educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 2003.

SILVA, V. et al. Educação de surdos: Uma Releitura da Primeira Escola Pública para Surdos em Paris e do Congresso de Milão em 1880. In: QUADROS, R. M. (Org). Estudos surdos I. Petrópolis, RJ: Arara Azul, 2006. p.324.

SILVA, R. R. A educação do surdo: minha experiência de professora itinerante da Rede Municipal de Ensino de Campinas. 2003. 145f. Dissertação (Mestrado em Educação), Faculdade de educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 2003.

STROBEL, Karin L. Surdos: Vestígios não Registrados na História. Tese de Doutorado em Educação UFSC. Florianópolis: 2008. Disponível em: http://www.ronice.cce.prof.ufsc.br. Acesso em: 06/10/2009.

VIEIRA-MACHADO, Lucyenne Matos da Costa. LOPES, Maura Corcini. Educação de surdos: políticas, língua de sinais, comunidade e cultura surda.1. ed.- Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2010. 182

RIBEIRO, Maria Clara Maciel de Araújo. A escrita de si: Discursos sobre o ser surdo e a surdez. Belo Horizonte 2008. Universidade Federal de Minas Gerais Faculdade de Letras.




DOI: https://doi.org/10.30612/eadtde.v7i9.10810

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.