Aspectos geoambientais e contribuições para estratégias de planejamento ambiental da Serra de Baturité/CE

Frederico de Holanda Bastos, Abner Monteiro Nunes Cordeiro, Edson Vicente da Silva

Resumo


O maciço de Baturité se destaca como um dos maiores maciços úmidos do semiárido brasileiro, caracterizando-se como uma nítida paisagem de exceção. Suas resistentes litologias, predominantemente metamórficas, mantiveram esse volume montanhoso durante evolução geomorfológica regional que redundou em vastas superfícies de aplainamento circunvizinhas, conhecidas como sertões. Sua altitude e posição geográfica lhe proporcionam boas condições de umidade justificando a presença de solos profundos recobertos por florestais perenifólias. A caracterização do quadro natural dessa área é fundamental para o estabelecimento de estratégias de planejamento ambiental. Para isso, foram necessários diversos trabalhos de campo, além de interpretações de mapas temáticos e produtos de sensoriamento remoto. Tendo a geomorfologia como critério básico, a área do maciço foi compartimentada de forma que pudesse ser utilizada como unidades de planejamento de acordo com as vocações naturais de cada ambiente, sendo divididas em superfícies elevadas e rebaixadas, com diversas subunidades que puderam ser individualizadas.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5418/RA2017.1321.0007

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

 

 

 

 

 


Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.