Geografia e representações sociais: estado da arte

Aline Camilo Barbosa, Josélia Saraiva Silva

Resumo


Neste artigo apresentamos o Estado da Arte das pesquisas que relacionam Geografia e a Teoria das Representações Sociais desenvolvida pelo pesquisador francês Serge Moscovici. Analisamos dissertações e teses disponíveis em dois bancos de dados, produzidas no período de uma década (2005-2015). O objetivo foi evidenciar como as pesquisas de Geografia utilizam o aporte teórico das representações sociais. Desse modo, buscamos conhecer os objetos representacionais investigados, os instrumentos de coleta de dados utilizados e, ainda, o uso de teoria complementar. Além disso, nesse estudo, foi possível visualizar em quais universidades brasileiras essas pesquisas foram realizadas e como se dá a sua espacialização no território nacional. Para a análise, organizamos dois grupos temáticos: o ensino de geografia e as representações sociais e; a ciência geográfica e as representações sociais. Como resultado, pudemos constatar um crescente aumento ao longo dos anos das produções que buscam essa aproximação, contudo, esses números são ainda incipientes, demonstrando que o uso da teoria das representações sociais nas pesquisas de Geografia é um campo a ser explorado.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5418/RA2017.1321.0006

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.