PROBLEMÁTICA SOCIOAMBIENTAL DA ÁREA URBANA DA CIDADE DE ITAPETIM-PE: O ESPAÇO, A SOCIEDADE E O AMBIENTE

Amanda de Lira Freitas, João Batista Alves

Resumo


O presente trabalho teve por objetivo verificar a ocorrência dos problemas socioambientais na área urbana da cidade de Itapetim-PE, bem como a relação dessas ocorrências com o conhecimento ambiental e relações que a sociedade estabelece com o espaço urbano. Para tal, estabeleceu-se como procedimentos metodológicos o levantamento de campo de ocorrência dos problemas ambientais observados na área urbana com registro em planilhas específicas. Para elucidar as relações que se estabelece entre espaço, sociedade e questões ambientais utilizou questionário. As principais ocorrências de problemas ambientais consideradas mais significantes estão relacionadas aos resíduos sólidos, seguidos, terrenos baldios, poluição visual e arborização urbana. Os gestores e administradores da cidade, não apresentam projetos para conservação/preservação do meio ambiente e as escolas não apresentam programas de educação ambiental. A população não demonstrou saber e nem procuram se familiarizar com a problemática ambiental da cidade, salvo, algumas exceções. O uso do espaço urbano está em desarmonia.


Referências


ALVES, T. L. B.; LIMA, V. L. A.; FARIAS, A. A. Impactos Ambientais no Rio Paraíba na Área no Município ne Caraúbas – PB: Região Contemplada pela Integração com a Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco. Revista on line Caminhos de Geografia. Uberlândia, v. 13, n. 43 out/2012 p. 160–173. Disponível em: < http://www.seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia.php >. Acesso em: 18 setembro de 2015.

ALVES, J. B. Problemática socioambiental da disposição irregular de resíduos sólidos em espaços abertos na cidade de Fazenda Rio Grande-Paraná. 385 f. Tese (Meio Ambiente e Desenvolvimento) – PPG-MADE, Universidade Federal do Paraná. 2013.

ALVES, J. B.; SOUTO, J. S.; SILVA, W. A.; LOPES, L. I. RODRIGUES, C. R. F. Diagnóstico ambiental de rua e bairros de Teixeira-PB. Revista Árvore. Viçosa-MG. v. 28. n.5. p.755-764. 2004. Disponível em: Acessado em 20 jul. 2015

BERGON, M. Ecologia: de indivíduos a Ecossistemas. Porto Alegre. Artmed. 4 ed. 2007. Tradução: Adriano Sanches Melo.

CARLOS, A. F. A. A condição espacial. São Paulo: Contexto. 2011. 157p.

DANTAS, I. C.; SOUZA, C. M. C. Arborização urbana na cidade de Campina Grande - PB: Inventário e suas espécies. Revista de biologia e ciências da terra. v. 4. n. 2. Campina Grande-PB, 2004. Disponível em: . Acesso em 03 de fevereiro de 2016.

DORST, J. Por uma ecologia política: Antes que a natureza morra. Tradução de Rita Buongermino. São Paulo. Edgard Blücher, 1973. 1º ed. 394p.: Título original: Avant que naturemeure, pour une écologie politique.

GUERRA, A. J. T e CUNHA, S. B. Impactos Ambientais Urbanos no Brasil. Rio de Janeiro. Bertrand Brasil. 416p. 2001.

GONÇALVES, W.; PAIVA, H. N. Árvores para o ambiente urbano. Viçosa. Editora Aprenda Fácil. 243 p. 2004.

HARVEY , D. Espaços de esperança. Tradução de Adail Ubirajara Sobral e Maria Stela Gonçalves. 5ª ed. São Paulo: Loyola. 2012. 382p. Titulo original: Spaces of hope.

HORGAN, D. J. Dinâmica populacional e mudança ambiental: Cenários para o desenvolvimento brasileiro. Campinas Nepo/Unicamp. 1ª ed . 240p. 2007.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Demográfico – 2010 Histórico do município de Itapetim - PE. Disponível em: < http://www.cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?lang=&codmun=260770 >. Acesso em: 01 de setembro de 2015.

MARICATO, E. Brasil, Cidades: Alternativas para crise urbana. Petrópolis. Vozes. 2001.

MENDONÇA, F. et al. Impactos Socioambientais Urbanos. Curitiba. UFPR. p.99-128. 2004.

MOTA, E. O.; FREITAS, M. M.; FRANÇA, R. R. A percepção dos resíduos sólidos (lixo) na visão dos catadores da lixeira da Terra Dura em Aracaju, Brasil. Scire Salutis, Aquidabã, v.3, n.1, p.86‐96, 2013. Disponível em: < http://dx.doi.org/10.6008/ESS2236‐9600.2013.001.0008 > Acessado em: 02 de julho de 2015.

MUCELIN, C. A. BELLINI, M. Lixo e impactos ambientais perceptíveis no ecossistema urbano. Revista Sociedade & Natureza, Uberlândia, 20 (1): 111-124, jun. 2008. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/sn/v20n1/a08v20n1.pdf > Acesso em: 26 de março de 2016.

NÓBREGA, M. G. S. Diagnóstico Socioambiental do Município de Coremas – PB. Apresentado a Unidade Acadêmica de Engenharia Florestal (Monografia), Patos-PB, 2007.

OLIVEIRA, A. S.; SANCHES, L.; MUSIS, C. R.; NOGUEIRA, M. C. J. A. Benefícios da arborização em praças urbanas - o caso de Cuiabá/MT. Revista. Elet. em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental. v 9, n. 9, p. 1900-1915, FEV, 2013. Disponível em: . Acesso em 8 de fevereiro de 2016.

PHILIPPI JR, A. F. et al. Municípios e meio Ambiente Perspectiva para a Municipalização de Gestão Ambiental no Brasil. São Paulo - SP, Associação Nacional de Municípios e Meio Ambiente, 1999 201p.

PREISSLER, A. A. Arborização urbana pública Benefícios e Problemas Ambientais. Trabalho de Conclusão do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental (Monografia). – Sistema de Ensino Presencial Conectado, Universidade Norte do Paraná, Santa Rosa - RS, 2011. Disponível em: . Acesso em: 19 de Set. de 2015.

ROCHA, J. S. M. Manual de projetos ambientais. Santa Maria: Imprensa Universitária, 1997. 423p.

RODRIGUES, A. M. Produção e Consumo do e no Espaço: Problemática ambiental urbana. São Paulo: Hucitec, 1998. 238p.

RODRIGUES, I.; RODRIGUES, T. P.T.; FARIAS, M. S. S.; ARAÚJO, A. F. Diagnóstico dos Impactos Ambientais Advindos de Atividades Antrópicas na Margem do Rio Sanhauá e Paraíba. Centro Científico Conhecer - Enciclopédia Biosfera, Goiânia, vol.5, n.8, 2009. Disponível em: < http://www.conhecer.org.br/enciclop/2009B/diagnostico%20dos%20impactos%20amb.pdf>. Acesso em: 09 de agosto de 2015.

SANTOS, M. Metamorfoses do espaço habitado: fundamentos Teórico e metodológico da geografia. São Paulo: HUCITEC. 1988.124p

SANTOS, M. A Urbanização Brasileira. São Paulo. USP. 5° ed. 2005. 193p.

______. A natureza do espaço: Técnica e Tempo, Razão e Emoção. 4ª ed. São Paulo: USP. 2006. 259p.

SANTOS, M. Ensaio sobre a urbanização Latino-americana. São Paulo. USP. 2° ed. São Paulo 2010.

SILVA, M. M. de A.; MEDEIROS, M. J. L.; SILVA, P. K.; SILVA, M. M. P. Impactos Ambientais causados em decorrência do rompimento da Barragem Camará no município de Alagoa Grande, PB. Revista de Biologia e Ciência da Terra, v. 6, n. 1, jun 2006. p.20-34. Disponível em:< http://docplayer.com.br/325354-Impactos-ambientais-causados-em-decorrencia-do-rompimento-da-barragem-camara-no-municipio-de-alagoa-grande-pb.html >. Acesso em: 18 de set. de 2015.

SANTOS, I. R. Medidas para a Redução de Impactos Ambientais Gerados pela Construção Civil. – Rio de Janeiro - Brasil: UFRJ/ Escola Politécnica, 2015. XII, 90 p. Projeto de Graduação (Monografia) – UFRJ/ POLI/ Engenharia Civil. Disponível em:< http://monografias.poli.ufrj.br/monografias/monopoli10014319.pdf > Acessado em: 20 set. 2015.

SOUZA, D. C. O meio ambiente das cidades. São Paulo. Atlas. 1°ed. 2010. 240p.

SOUSA, C. E. D. Diagnóstico socioambiental da Cidade de Água Branca - Paraíba UFCG (Monografia) apresentada a Unidade Acadêmica de Engenharia Florestal, 2006.

TOWNSEND, C. R. Fundamentos em Ecologia. Porto Alegre. Artmed. 3 ed. 2010. 576p. Traduzido por Leandro da Silva Duarte.




DOI: https://doi.org/10.5418/RA2019.1527.001

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

 

 

 

 

 


Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.