A representação da geografia humana no comitê assessor do CNPq

Pedro de Almeida Vasconcelos

Resumo


As reflexões desse texto centram-se na apresentação do conjunto de normas que regem o CNPq, relacionando cargos e suas respectivas funções, comentando-os sobre o ponto de vista deste professor, que hoje ocupa o lugar de representante da Geografia Humana, no Comitê Assessor deste órgão. Este estudo, mais que uma constatação, - tendo em vista que os dados, aqui comentados, sobre a escassez de bolsas da Capes para a Geografia Humana são de fácil acesso na Internet – pretende chamar a atenção para essa realidade que tem prejudicado os pesquisadores dessa ciência e exige que seja ampliado o número de bolsas, proporcionando oportunidades de pesquisa e crescimento na pós-graduação.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5418/RA2003.0101.0004

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

 

 

 

 

 


Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.