CONSIDERAÇÕES SOBRE AS ESCALAS ESPACIAIS DE ANÁLISE DA INDÚSTRIA NO BRASIL

Olga Lúcia Castreghini de Freitas Firkowski

Resumo


Com o presente texto objetiva-se tecer considerações sobre as discussões relativas às escalas espaciais de análise em Geografia Industrial no Brasil, destacando-se o processo de desconcentração e as diferentes expressões espaciais do mesmo, tomando-se como referência os anos de 1980 e a atualidade. Naquele período o processo restringia-se ao entorno de São Paulo, sobretudo a um raio de 150 km a partir da capital. Na atualidade os debates são incentivados pela recente localização da indústria em lugares distantes daqueles tradicionais, alterando as explicações anteriores. Nesse contexto, os conceitos de brownfi eld e greenfi eld são apresentados como possibilidades de compreensão das duas faces do processo de desconcentração da indústria brasileira


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5418/RA2005.0202.0005

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

 

 

 

 

 


Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.