COMPONENTES GEOMORFOLÓGICOS, FUNÇÕES E SERVIÇOS AMBIENTAIS DE COMPLEXOS ESTUARINOS NO NORDESTE DO BRASIL

Antonio Jeovah de Andrade Meireles, Alberto Alves Campos

Resumo


A definição qualitativa dos serviços ambientais foi realizada de acordo com a dinâmica associada à origem e evolução dos componentes naturais dos estuários. Os complexos estuarinos foram mapeados e definidos os principais fluxos de matéria e energia, como fundamentos metodológicos para caracterizar os impactos ambientais. Foi fundamental evidenciar a relação de subsistência das comunidades tradicionais e indígenas, para análise integrada das externalidades ambientais das atividades potencialmente degradadoras da biodiversidade. Os resultados demonstraram extrema complexidade para evidenciar índices que se aproximem dos valores financeiros do conjunto de serviços. Demonstrou-se que valorar os estuários do ponto de vista do mercado e consumo é inadequado para definir formas de apropriação pelo consumo globalizado.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5418/RA2010.0606.0007

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

 

 

 

 

 


Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.