Fronteira Brasil/Paraguai e as redes de drogras ilícitas

Vanderleia Gemelli, Edson Belo Clemente de Souza

Resumo


O presente artigo constitui-se num desdobramento da pesquisa de mestrado intitulada “As drogas ilícitas na região de fronteira entre Brasil e Paraguai: uma análise das redes geográficas ilegais do tráfico”, realizada com apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES. Neste presente trabalho, o objetivo central é analisar a dinâmica da fronteira do Brasil com o Paraguai a partir dos fluxos de drogas ilícitas traficadas. A atividade de tráfico de tais drogas ilícitas evidencia a criminalidade nessa região de fronteira, constituindo e construindo, através de sua movimentação, uma complexa rede ilegal pelo território. Para tanto, privilegia-se a abordagem das redes geográficas na compreensão da dinâmica espacial fronteiriça, haja vista a formação de redes do tráfico de drogas ilícitas. A obtenção de dados junto a órgãos oficiais sustentará a pesquisa, evidenciando a relevância do estudo da atividade ilegal na dinâmica fronteiriça.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5418/RA2012.0810.0007

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

 

 

 

 

 


Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.