GUIANA E SURINAME: REDEMOCRATIZAÇÃO E REORIENTAÇÃO GEOPOLÍTICA A PARTIR DE 1990

Geraldine Rosas Duarte

Resumo


O artigo problematiza as mudanças nas relações geopolíticas da Guiana e do Suriname decorrentes do processo de redemocratização vivenciado por esses Estados no início dos anos 1990. Países de independências tardias, alcançadas em 1966 e 1975, respectivamente, e marcados por um relativo isolamento em relação aos vizinhos sul-americanos, Guiana e Suriname apresentam uma política externa tímida em relação à América do Sul, caracterizada, dentre outros aspectos, pela aproximação junto aos Estados caribenhos. Nos dois casos, a redemocratização vivenciada no início da década de 1990 gerou uma reorientação e diversifcação das relações exteriores, ainda que essa reorientação não tenha se dado, pelo menos imediatamente, em direção aos países sul-americanos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.