Os Usos Sociais do Ensino de Geografia

Roberto Marques

Resumo


Este artigo pretende identificar algumas questões que foram colocadas para o ensino de geografia, a partir dos processos de elaboração e implementação da políticas de educação, a partir de 2015. Isso porque esses processos tencionam a zona de contato entre geografia e educação, em especial na vertente nomeada ensino de geografia. Para desenvolver a discussão, foram mobilizados os estudos de Pierre Bourdieu, especialmente o conceito de campo. Posteriormente, foi feito um esforço de caracterização e sistematização das abordagens que vem sendo feitas na interseção do campo da geografia com o campo da educação. A partir das contribuições de Bourdieu e da caracterização da vertente do ensino de geografia dentro do subcampo, o texto aponta movimentos e contradições deste e dos seus agentes, nas relações com outros campos, em especial o econômico e o político, no jogo das disputas e movimentos de consolidação e direcionamento do próprio subcampo. Por fim, e com base nas discussões aqui trazidas, são apresentadas algumas perspectivas sobre os rumos possíveis do subcampo.

Palavras-chave


Políticas educacionais, Ensino de geografia, Geografia escolar, Docência

Texto completo:

PDF_1528_0007

Referências


BALL, Stephen J. Educação global S. A.: novas redes de políticas e o imaginário neoliberal. Ponta Grossa: UEPG, 2014.

BOURDIEU, Pierre. Os usos sociais das ciências – por uma sociologia clínica do campo científico. São Paulo: UNESP, 2004.

BOURDIEU, Pierre. O poder simbólico. Rio de Janeiro: Editora Bertrand Brasil, 1989.

BOURDIEU, Pierre, Economia das trocas simbólicas. São Paulo: Editora Perspectiva, 1987.

CARVALHO, Janete Magalhães & LOURENÇO, Suzany Goulart. O silêncio de professores da educação básica pela estratégia de fazê-los falar. In Pro-posições. Campinas: Unicamp. Vol. 29, n. 2 (87), maio/agosto, 2018.

CALLAI, Helena Copetti & MORAES, Maristela Maria. Educação geográfica, cidadania e cidade. ACTA Geográfica, Boa Vista, Edição Especial, 2017, p. 82-100.

GONÇALVES, Amanda Regina. A geografia escolar como campo de investigação: história da disciplina e cultura escolar. In Revista Bibliográfica de Geografia y Ciencias Sociales. Barcelona: Universidade de Barcelona. Vol. XVI, n. 905, 15 de enero de 2011. Versão online, disponível em , acessado em 10 de julho de 2019.

HATO, Júlio Takahiro. Geografia da educação. 2010. 141 f. (Mestrado em Geografia). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010.

INEP – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Geografia da educação brasileira. Brasília: O Instituto, 2000.

SANTOS, Paulo Rodrigues dos. Entre o ensino de geografia e a geografia escolar: reflexões críticas. In TRINDADE, G. A. & CHIAPETTI, R. J. N. (Org.). Discutindo a geografia: razões para se (re)pensar a formação do professor. Ilhéus: Editus, 2007.




DOI: https://doi.org/10.5418/RA2019.1528.0007

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

 

 

 

 

 


Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.