Experiência do programa residência pedagógica em geografia: rumo a equação da docência qualificada

Christian Dennys Monteiro Oliveira, Alexandra Maria de Oliveira

Resumo


Uma reflexão sobre a prática educativa do Programa Residência Pedagógica - PRP, embora preliminar e incompleta, ajuda a compreensão dos avanços na relação Universidade e Escola Básica. O estudo relembrar o contexto do Programa diante do Plano Nacional de Educação (2014), cujo desafio aponta muitas lacunas e fragilidades. Entre as metas previstas para os próximos 5 anos está o investimento maciço na formação docente (inicial e continuada). Por essa razão, o texto utiliza a metáfora matemática da equação para sugerir que a busca de qualidade, no equilíbrio academia/escola é indispensável. O relato da experiência desenvolvida, com equilíbrio de atividades e dinamismo na sistematização de dispositivos formativos – conforme o CPC de Lee Shulman (2014[1987]) – indica caminhos para superação de altos riscos do programa. Espera-se, como resultado da demonstração, o estabelecimento de uma referência consistente no trabalho de reorientação das estratégias de formação docente em geografia.


Palavras-chave


formação docente, dispositivo, residência, equação, geografia escolar

Texto completo:

PDF_1528-005

Referências


BITENCOURT, J. Princípios Teóricos e Metodológicos na Formação Docente: Algumas Contribuições. Anais do XI Congresso Nacional de Educação – EDUCERE 2013, p. 11753- 11768. PUC/PR – Curitiba 23-26/09/2013. Disponível em https://educere.bruc.com.br/CD2013/pdf/10366_5712.pdf. Acesso em 15 de Jul. de 2019.

BRASIL./MEC DIRETORIA DE ESTUDOS EDUCACIONAIS Plano Nacional De Educação Pne 2014-2024 Linha De Base (2015) Disponível em http://portal.inep.gov.br/documents/186968/485745/Plano+Nacional+de+Educa%C3%A7%C3%A3o+PNE+2014-2024++Linha+de+Base/c2dd0faa-7227-40ee-a520-12c6fc77700f?version=1.1. Acesso em 2 de Jul. de 2019.

CANDAU, V.M; LELIS, I.A. A Relação Teoria-Prática na Formação do educador. In: CANDAU, V.M (Org.). Rumo a uma Nova Didática. 10 ed. Petrópolis: Vozes. 1999. p.56-72.

MARTINS, H. H. T. de S. Metodologia qualitativa de Pesquisa. Revista Educação e Pesquisa, São Paulo, v.30, n.2, p. 289-300, maio/ago. 2004. Disponível em http://www.scielo.br/pdf/ep/v30n2/v30n2a07.pdf Acesso em 14 de Jul. de 2019.

OLIVEIRA, A. M. Universidade, Escola Camponesa e Convivência com o Semiárido. REVISTA GEONORDESTE, v. 1, p. 65-75, 2016.

OLIVEIRA, C. D. M. de. Sentidos da Geografia Escolar. 1. ed. Fortaleza: EDUFC - Expressão Gráfica, 2009.

SHULMAN, L. S. Conhecimento e Ensino: fundamentos para a nova reforma, Cadernos Cenpec, São Paulo, v.4, n.2, p.196-229, dez. 2014. Lee S. Shulman, “Knowledge and Teaching Foundations of the New Reform”, a Harvard Educational Review, v. 57, n. 1, p. 1-22, primavera 1987 (Copyright by the President and Fellows of Harvard College). Tradução de Leda Beck e revisão técnica de Paula Louzano. Disponível em http://cadernos.cenpec.org.br/cadernos/index.php/cadernos/article/view/293/297 Acesso em 15 de Jul. de 2019.

SILVA, J. L. B. da. Programa de Residência Pedagógica da UNIFESP e o ensino de Geografia na formação inicial de professores para a Educação Infantil. In: SACRAMENTO, A. C. R.; ANTUNES, C. F.; SANTANA FILHO, M. M. de. (orgs.). Ensino de Geografia, produção do espaço e processos formativos. Editora Consequência/ FAPERJ; Rio de Janeiro, 2018. Pp. 83-106.

SILVA, K., A. P. C. P. ; CRUZ, Shirley P. A Residência Pedagógica na formação de professores: história, hegemonia e resistências. Momento: Diálogos em educação, E-ISSN 2316-3100, v. 27, n. 2, p. 227-247, mai./ago, 2018. Disponível em https://periodicos.furg.br/momento/article/download/8062/5352. Acesso em 14 de Jul. 2019

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. Rio de Janeiro: Vozes, 2002




DOI: https://doi.org/10.5418/RA2019.1528.0005

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

 

 

 

 

 

 


Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.