Efeitos da retirada total ou parcial da crista de machos reprodutores de corte.

Roberto Mérida Ferrufno, Alexandre Pires Rosa, Catarina Stefanello, Elisandro Rafael Dias

Resumo


Este estudo foi conduzido para avaliar o efeito da retirada total ou parcial da crista sobre o desempenho reprodutores de corte. Foram utilizados 240 machos reprodutores avícolas, distribuídos em três grupos de 80 aves. Os parâmetros avaliados foram o peso corporal, o crescimento e o comprimento da canela e da quilha, testados em três fases de idade: pré-puberal (1ª a 10ª semana), puberal (11ª a 24ª semana) e adulta (25ª a 44ª semana). O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com três tratamentos cada, sendo dois desses, submetidos ao corte total e parcial da crista por sorteio e um grupo foi mantido com a crista inteira. Foi realizado análise de variância multivariada e quando signifcativo a nível de 5% de probabilidade, aplicou-se o teste de Tukey. Na fase pré-puberal, aves com crista inteira apresentaram menor peso corporal. Nesta mesma fase, machos sem crista possuíram o menor comprimento de canela. Nas aves púberes e adultas, não houve efeito signifcativo dos tratamentos sobre peso corporal, comprimento de canela e quilha. Quando analisado todo o período experimental, aves com retirada parcial da crista tiveram o menor peso corporal.


Palavras-chave


coefciente alométrico, desempenho zootécnico, reprodutores pesados

Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.