Atributos do solo em diferentes ftofsionomias do Cerrado Mato-grossense

Cassiano Cremon, Nilbe Carla Mapeli, Patrícia Pedrosa Franco, Wininton Mendes da Silva

Resumo


O objetivo deste estudo foi avaliar alguns atributos do solo em diferentes ftofsionomias do  cerrado mato-grossense  e  em pastagem degradada,  na  região de Paranatinga-MT. As  ftofsionomias  estudadas  foram mata  ciliar  (MTC),  cerradão (CRD) e campo sujo (CSJ) e um ambiente de pastagem (PR) degradada como referência de ação antrópica. Os atributos, análise química e textura do solo foram monitoradas nas camadas de 0-0,1, 0,1-0,2 e 0,2-0,3 m, retiradas em trincheiras casualizadas. Para auxiliar na interpretação dos resultados coletou-se a cobertura vegetal quantifcando teores de nitrogênio e C orgânico. Foi também avaliada a emissão de C-CO2 por captura de solução alcalina (álcali) em recipientes hermeticamente fechados. A ftofsionomia mata ciliar foi a que apresentou os maiores teores médios de matéria orgânica e cálcio, e maior emissão de C-CO2 no tempo, enquanto campo sujo e cerradão não apresentaram diferenças signifcativas em relação aos teores de nutrientes, além de apresentarem baixo fuxo de C-CO2  até o quinto dia de incubação. A pastagem apresentou alta saturação de alumínio e uma tendência maior de emissão de C-CO2  em relação ao campo sujo e cerradão.


Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.