Fatores de decisão e qualidade na rede de suprimentos da soja de Mato Grosso

Rodrigo Carlo Toloi, Joao Gilberto Mendes dos Reis, Emerson Rodolfo Abraham, Marley Nunes Vituri Toloi, Robson Elias Bueno

Resumo


Os produtores rurais de Mato Grosso precisam identificar os fatores que mais influenciam na decisão sobre a produção de soja e assim decidir sobre qual a melhor alternativa para a utilização dos seus fatores de produção: produzir soja, produzir milho ou dedicar a outras atividades agropecuárias. Entretanto, essa nem sempre é uma tarefa fácil já que depende de diversas variáveis que afetam diretamente essa decisão. Neste estudo, foram analisados dados acerca da produção de soja em Mato Grosso e buscou-se identificar quais são fatores de decisão que influenciam na qualidade e produção da rede de suprimentos da soja considerando três variáveis de decisão em conjunto: comercialização, logística e a produção rural. Essa análise multicritério foi realizada adotando-se a metodologia do Analytic Hierarchy Process (AHP) com o uso do software Expert Choice® v. 11. Os resultados indicaram que a melhor decisão para o produtor rural mato-grossense seria dedicar a outras atividades agrícolas, exceto a soja e o milho, e apontaram que a comercialização foi o critério de maior peso na tomada de decisão (0,627).

Palavras-chave


Análise multicritério; Produção de soja; Mato Grosso.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, J. E. D. Sustentabilidade, Aquecimento Global e o Decrescimento Demo-econômico. Revista Espinhaço | UFVJM, v. 3, n. 1, p. 4–16, 2014.

ANDA, A. N. para D. de A. Anuário Estatístico do Setor de Fertilizantes. São Paulo: ANDA, 2015. . Disponível em: . Acesso em: 1 maio. 2017.

ARVOR, D.; GONÇALVES, M. M.; MOINE, S.; VITTER, M. A evolução do setor soja no Mato Grosso. Revista Franco-Brasileira de Geografia, n. 10, 2010. Disponível em: . Acesso em: 26 abr. 2017.

BUSTOS, P.; GARBER, G.; PONTICELLI, J. Capital Allocation Across Sectors: Evidence from a Boom in Agriculture. January ed. Brasília: Banco Central do Brasil, 2016.

CAVALETT, O.; ORTEGA, E. Emergy, Nutrients Balance, and Economic Assessment of Soybean Production and Industrialization in Brazil. Journal of Cleaner Production, v. 17, n. 8, p. 762–771, 2009.

CONAB, C. N. de A. Séries Históricas de Área Plantada, Produtividade e Produção, Relativas às Safras 1976/77 a 2015/16 de Grãos, 2017. . Disponível em: . Acesso em: 26 abr. 2017.

CONAB, C. N. de A. Safra Série Histórica. Disponível em: . Acesso em: 25 abr. 2018.

DOMINGUES, M. S.; BERMANN, C.; MANFREDINI, S. A Produção de Soja no Brasil e sua Relação com o Desmatamento na Amazônia. Revista Presença Geográfica, v. 1, n. 1, 4 maio 2017. Disponível em: . Acesso em: 26 abr. 2018.

FAS/USDA. World Agricultural Production: Circular Series January 2018. Washington: USDA -United States Department of Agriculture, 2018. . Disponível em: .

GONÇALVES, D. N. S.; GONÇALVES, C. de M.; ASSIS, T. F. de; SILVA, M. A. da. Analysis of the Difference between the Euclidean Distance and the Actual Road Distance in Brazil. Transportation Research Procedia, v. 3, p. 876–885, 2014.

GRANEMANN, S.; FIGUEIREDO, A. LOGÍSTICA APLICADA À EXPORTAÇÃO - INSTRUMENTO DE COMPETITIVIDADE. Revista Brasileira de Economia de Empresas, v. 1, n. 1, 13 set. 2013. Disponível em: . Acesso em: 26 abr. 2018.

IBGE, I. B. de G. e E. Atlas Nacional. Brasília: IBGE, 2016. . Disponível em: . Acesso em: 11 dez. 2016.

IMEA, I. M. G. de E. A. Agronegócio no Brasil e em Mato Grosso. Cuiabá: IMEA, 2014. .

KUMAGAI, E.; SAMESHIMA, R. Genotypic Differences in Soybean Yield Responses ToIncreasing Temperature in a Cool Climate Are Related to Maturity Group. Agricultural and Forest Meteorology, v. 198–199, p. 265–272, nov. 2014.

LEITE, S. P.; JUNIOR, V. J. W. Padrões de desenvolvimento e dinamicas fundiarias no Brasil: a expansão do agronegocio da soja e seus efeitos sobre o meio rural. Estudios económicos, v. 26, n. 53, 2009. Disponível em: . Acesso em: 26 abr. 2018.

LIPINSKI, B.; HANSON, C.; LOMAX, J.; KITINOJA, L.; WAITE, R.; SEARCHINGER, T. Reducing Food Loss and Waste. World Resources Institute, v. 22, 2013.

MAPA, M. da A., Pecuária e Abastecimento. Projeções do Agronegócio. Brasília: MAPA, 2014.

MDIC, M. do D., Indústria e Comércio Exterior. Séries Históricas. Disponível em: . Acesso em: 25 abr. 2018a.

MDIC, M. do D., Indústria e Comércio Exterior. Balança comercial brasileira: Unidades da Federação. Disponível em: . Acesso em: 2 fev. 2018b.

NARDI, M. G.; DAVIS, T. D. Soybean Landed Cost Competitiveness Analysis for Argentina, Brazil and the United States. In: VI International PENSA Conference, Ribeirão Preto. Anais... Ribeirão Preto: 2007.

OLIVEIRA, D. de L.; PEREIRA, S. A. Análise do Processo Decisório no Agronegócio: Abordagem na Cadeia de Valor da Soja. Gestão e Sociedade, v. 2, n. 4, 2009. Disponível em: . Acesso em: 25 abr. 2018.

OLIVEIRA, A. L. R. de; ALVIM, A. M. The Supply Chain of Brazilian Maize and Soybeans: The Effects of Segregation on Logistics and Competitiveness. International Food and Agribusiness Management Review, v. 20, n. 1, p. 45–61, 7 fev. 2017.

OLIVEIRA, F. C. de; COELHO, P. H. M. C.; SOUSA NETO, M. de S. N.; ANDRE, A. C. de S.; SANTOS, F. L. de S.; OLIVEIRA, J. P. de M.; OLIVEIRA, B. S. de; TEIXEIRA, I. R. T.; CAMPOS, A. J. de C. Logistics and Storage of Soybean in Brazil. African Journal of Agricultural Research, v. 11, n. 35, p. 3261–3272, 1 set. 2016.

OLIVEIRA NETO, M. S. de; REIS, A. da C.; STENDER, G. H. C.; COSTA, W. O. da; SOUZA, C. G. Avaliação dos Critérios de Seleção de Transportador e Modais para o Escoamento da Safra de Soja Brasileira. Revista Produção e Desenvolvimento, v. 1, n. 1, p. 14–30, 2015.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS, D. DE A. E. E S. Probabilistic Population Projections based on the World Population Prospects: The 2017 Revision.: World Population Prospects. New York: United Nations,

Disponível em: .

PÉRA, T. G. Modelagem das perdas na agrologística de grãos no Brasil: uma aplicação de programação matemática. 2017. Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017.

PRUDÊNCIO DA SILVA, V.; VAN DER WERF, H. M. G.; SPIES, A.; SOARES, S. R. Variability in Environmental Impacts of Brazilian Soybean According to Crop Production and Transport Scenarios. Journal of Environmental Management, v. 91, n. 9, p. 1831–1839, 2010.

RAUCCI, G. S.; MOREIRA, C. S.; ALVES, P. A.; MELLO, F. F. C.; FRAZÃO, L. de A.; CERRI, C. E. P.; CERRI, C. C. Greenhouse Gas Assessment of Brazilian Soybean Production: A Case Study of Mato Grosso State. Journal of Cleaner Production, v. 96, p. 418–425, jun. 2015.

REIS, J. G. M.; VENDRAMETTO, O.; NAAS, I. de A.; COSTABILE, L. T.; MACHADO, S. T. Avaliação das Estratégias de Comercialização do Milho em MS Aplicando o Analytic Hierarchy Process (AHP). RESR, Piracicaba-SP, v. 54, n. 01, p. 131–146, 2016.

SAATY, T. L. The analytic hierarchy process: planning, priority setting, resource allocation. New York: McGraw-Hill International Book Company, 1980.

SAATY, T. L. Decision Making with the Analytic Hierarchy Process. International journal of services sciences, v. 1, n. 1, p. 83–98, 2008a.

SAATY, T. L. Decision making with the analytic hierarchy process. International Journal of Services Sciences., v. 1, n. 1, p. 83–98, 2008b.

SAMPAIO, L. M. B.; SAMPAIO, Y.; BERTRAND, J.-P. Fatores Determinantes da Competitividade dos Principais Países Exportadores do Complexo Soja no Mercado Internacional. v. 14, n. 2, p. 227–242, 2012.

SEPLAN, S. de E. de P. e C. G. Mato Grosso em números: um diagnóstico da realidade de Mato Grosso. Cuiabá: Governo do Estado de Mato Grosso, 2013.

SEPLAN, S. de E. de P. e C. G. Release N. 4 - Agropecuária de Mato Grosso. Cuiabá: SEPLAN, 2016.

SOARES, A. F. Requisitos Ambientais no Mercado de Soja Brasileiro: Descrição e Avaliação de Impacto. 2016. USP/ Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Piracicaba, 2016.

TEIXEIRA, M. D. de J.; FARIA, A. M. de M.; ZAVALA, A. A. Emissões Antrópicas de Gases de Efeito Estufa (GEE) e Referenciais para Política de Mitigação das Emissões em Mato Grosso (Brasil). Revista Eletrônica Documento Monumento - REDM, v. 10, n. 1, p. 307–323, 2013.

TOLOI, R. C.; GUNES, A. C. R. da S. L.; TOLOI, M. N. V.; REIS, J. G. M. dos; BONILLA, S. H.; FREITAS, M. J. Main variables that are influenced by the anthropic activity resulting from the soybean production in the municipalities of Mato Grosso. Independent Journal of Management & Production, v. 9, n. 5, p. 607–622, 2018.

TOLOI, R. C.; REIS, J. G. M.; VENDRAMETTO, O.; MACHADO, S. T.; RODRIGUES, E. F. How to Improve the Logistics Issues During Crop Soybean in Mato Grosso State Brazil? In: 6th International Conference on Information Systems, Logistics and Supply Chain., Bordeaux. Anais... In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON INFORMATION SYSTEMS, LOGISTICS AND SUPPLY CHAIN - ILS. Bordeaux: KEDGE Business School, 2016. Disponível em: .

VAN TONGEREN, F.; BANSE, M.; KAVALLARI, A.; BARTELINGS, H.; VAN MEIJL, H.; ILICIC-KOMOROWSKA, J.; VON LAMPE, M.; JUNKER, F. Fertiliser and Biofuel Policies in the Global Agricultural Supply Chain. [s.l: s.n.]. Disponível em: . Acesso em: 23 abr. 2018.

VICENTE, J. R. Competitividade do Agronegócio Brasileiro,1997-2003. Revista de Economia Agrícola, v. 52, n. 1, p. 6–19, 2005.

VILELA, L.; JUNIOR, G. B. M.; MACEDO, M. C. M.; MARCHÃO, R. L.; JÚNIOR, R. G.; PULROLNIK, K.; MACIEL, G. A. Sistemas de integração lavoura‑pecuária na região do Cerrado. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 46, n. 10, p. 1127–1138, 2 jan. 2012.

ZHU, Q.; SARKIS, J. Relationships between Operational Practices and Performance among Early Adopters of Green Supply Chain Management Practices in Chinese Manufacturing Enterprises. Journal of Operations Management, v. 22, n. 3, p. 265–289, 2004.




DOI: https://doi.org/10.30612/agrarian.v12i44.9210

Revista Agrarian

ISSN da versão online: ISSN 1984-2538
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)

Licença Creative Commons

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.