Número de aplicações e uso de adjuvantes, adicionados à fungicidas no controle da ferrugem asiática da soja.

Jackeline Matos Nascimento, Walber Luiz Gavassoni, Lilian Maria Arruda Bacchi, Bruno Zuntini, Evandro Puhl Melo, Renan Kobayashi Leonel

Resumo


O uso de aditivos na calda dos fungicidas é recomendado pelos fabricantes, porém, o efeito de diferentes associações fungicida x adjuvantes é pouco conhecida. Foram realizados experimentos nas safras 2009/2010 e 2010/2011, com o objetivo de avaliar o efeito da adição de adjuvantes de diferentes naturezas químicas, sendo eles óleos mineral, óleo vegetal, e adjuvantes siliconados adicionados aos fungicidas picoxistrobina + ciproconazol, todos com uma e duas aplicações, totalizando doze tratamentos + testemunha (sem fungicida). Avaliou-se número de lesões, urédias, e porcentagem de área lesionada pela doença. Na safra 2010/2011, durante a segunda aplicação, foram utilizados papeis hidrossensíveis, avaliou-se diâmetro da mediana volumétrica (DMV), diâmetro da mediana numérica (DMN), coeficiente de variação de gotas (CV), densidade (número de gotas cm-²), volume recuperado (L ha-1) e área coberta pela calda fungicida (%). Nas duas safras, todos os adjuvantes associados ao fungicida proporcionaram redução na AACPD. Na Safra 2010/2011, os tratamentos com Silwet® e Nimbus®, em geral, resultou em maiores valores de DMV, CV, DMN, volume recuperado e porcentagem de área coberta. A adição de adjuvante siliconado, óleos minerais ou óleos vegetais ao fungicida são eficazes e não diferem do adjuvante Nimbus®, recomendado pelo fabricante dos fungicidas utilizados. 


Palavras-chave


surfactantes, Phakopsora pachyrhizi, tecnologia de aplicação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.30612/agrarian.v11i40.4210

Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.