Modelos sazonais para radiação solar incidente na área rural de Dourados-MS

Robson Leal da Silva, Marcelo Mendes Vieira

Resumo


Conhecer o comportamento temporal e intensidade da radiação solar no campo é diferencial de suma importância em diversas atividades das ciências agrárias, que contemplam aplicações em engenharia agrícola, dentre outras, a exemplo de processos de secagem, irrigação, aquecimento de água e relações solo-planta-atmosfera. Usualmente estações meteorológicas com instrumentação capaz de registrar a radiação solar indicam apenas valores discretos (tipicamente a intensidade média horária ou média diária, W/m²), mas um modelo continuo e representativo do comportamento e intensidade pode auxiliar a previsão a médio/longo prazo das características da radiação solar em determinada região. Existem poucos estudos a respeito da radiação solar líquida incidente, e respectivo potencial de energia solar disponível como fonte renovável, no estado de Mato Grosso do Sul e na região Centro-Oeste em geral. Este trabalho tem como objetivo avaliar, via dados brutos de estação meteorológica, a intensidade e comportamento da radiação solar líquida ("net solar radiation", do inglês), e suas mudanças sazonais, na superfície terrestre do município de Dourados-MS, área situada no típico cerrado brasileiro. Com os resultados das características quantitativas e qualitativas na escala temporal que abrange o período de três anos (2008-2010), foi desenvolvido um modelo matemático de funções contínuas para representar o perfil de um dia-típico da radiação solar líquida, que é comparado e validado por um ano de comportamento sazonal e com dados brutos um ano no futuro.

Palavras-chave


instrumentação, meteorologia, matemática-estatística, energia renovável.

Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.