Análise espacial da condutividade elétrica e atributos físico-químicos de um Latossolo

Elton Gean Araújo, Adriany Rodrigues Corrêa, Diana Carla de Oliveira Santana Lima, Eduardo de Pieri Prando, Karla Nascimento Sena, Rafael Montanari, Reinaldo Moraes da Silva

Resumo


Com o presente trabalho objetivou-se estudar a correlação linear entre a condutividade elétrica e os atributos químicos do solo, bem como caracterizar a variabilidade espacial dessas variáveis, visando obter zonas específicas de manejo em um Latossolo Vermelho Amarelo distrófico. O estudo foi desenvolvido no município de Lucas do Rio Verde/MT em 2012, os atributos avaliados foram: Condutividade elétrica do solo (CE) com 2 khz, 7 khz e 15 khz utilizando o aparelho Profiler EMP-400. Foram coletadas amostras de solo para determinar o teor de matéria orgânica (MO), potássio (K), argila (ARG) e capacidade de troca de cátions (CTC), na profundidade de 0,00-0,20m, em uma área de 150 ha com 588 pontos amostrais. Foi realizada a análise descritiva clássica e de dependência espacial, para cada atributo analisado. Todos os atributos estudados apresentaram dependência espacial de moderada a forte, sendo que os atributos de condutividade elétrica nas três frequências estudadas apresentaram um padrão definido.

Palavras-chave


Agricultura de Precisão; Dependência Espacial; Profiler EMP-400.

Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.