Aditivos fitogênicos e glutamina mais ácido glutâmico na dieta de frangos desafiados com coccidiose

Everton Moreno Muro, Vanessa Cristina Pelícia, Francine Vercese, Ivan Mailinch Gonçalves Pereira de Souza, Guilherme Emygdio Mendes Pimenta, Renata Sena de Souza Gomes Oliveira, José Roberto Sartori

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a suplementação da dieta com aditivos fitogênicos (AFs) e glutamina mais ácido glutâmico (Gln/Glu) como alternativa aos antibióticos melhoradores de desempenho e anticoccidianos (AMD/AC), sobre o desempenho e rendimento de carcaça e partes de frangos de corte desafiados com Eimeria acervulina. Foram distribuídos de maneira inteiramente casualizada 600 pintos machos em seis tratamentos e quatro repetições: dieta controle (DC); DC + Vacina de coccidiose; DC+AMD/AC; DC+Gln/Glu; DC+AFs; DC+Gln/Glu+AFs. Aos 21 dias de idade, as aves do tratamento AMD/AC apresentaram maior ganho de peso em relação às aves dos tratamentos DC+Vacina e DC+Gln/Glu, não diferindo dos demais tratamentos. A melhor conversão alimentar (CA) foi observada para aves do tratamento AMD/AC em relação às aves dos tratamentos DC+Vacina, DC+AFs e DC+Gln/Glu + AFs. Aos 42 dias de idade as aves do tratamento DC+AFs apresentaram maior consumo de ração em relação às aves do tratamento DC+Gln/Glu, não diferindo dos demais tratamentos. Não houve diferença para as variáveis de rendimento de carcaça e partes. De modo geral, os melhores resultados de desempenho ocorreram para as aves dos tratamentos contendo AFs e AMD/AC. A adição de aditivos fitogênicos, associados ou não à glutamina mais ácido glutâmico, na dieta de frangos de corte desafiados com Eimeria acervulina, pode substituir o antibiótico melhorador de desempenho e anticoccidiano. Os dados obtidos foram analisados pelo procedimento GLM do programa estatístico SPSS® e as médias foram comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. 


Palavras-chave


aditivos, avicultura, coccidiose, extratos vegetais, óleos essenciais.

Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.