MANEJO DA IRRIGAÇÃO E ADUBAÇÃO NITROGENADA NA CULTURA DO FEIJOEIRO: COMPONENTES DE PRODUTIVIDADE E EFICIÊNCIA NO USO DA ÁGUA.

Arthur Pacheco, Adriano Silva Lopes, Gabriel Queiroz Oliveira, Adriano França, Luan Eudes Silva

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência do manejo da irrigação e da adubação nitrogenada de cobertura sobre os componentes de produtividade e eficiência no uso da água da cultura do feijoeiro. O experimento foi realizado em Aquidauana-MS, utilizando o cultivar de feijão pérola que foi semeado na época de inverno de 2011, em sistema de plantio direto. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados em parcelas subdivididas, composto por três manejos de irrigação (tanque Classe A - TCA, Hargreaves-Samani - HG e Penman-Monteith - PM) e quatro doses de adubação nitrogenada (0, 50, 100 e 150 kg ha-1). Foram avaliados a produtividade de grãos (PG), massa de 100 grãos (MCG), número de vagens por planta (NVP), número de grãos por planta (NGP), número de grãos por vagem (NGV) e a eficiência no uso da água (EUA) pela cultura. Para os métodos de manejo de irrigação foi utilizado teste de médias e Tukey a 5%; para as doses de adubação nitrogenada foram realizadas análises de regressão. Conclui-se que o cultivo do feijoeiro em sistema de plantio direto não é influenciado pelos manejos de irrigação quanto as variáveis PG, MCG, NGP, NVP e EUA. O manejo de irrigação TCA proporciona interação com as doses de nitrogênio para as variáveis PG, NVP, NGP e EUA, sendo que os maiores valores foram obtidos próximos a dose de 150 kg ha-1 e os menores valores foram obtidos com as doses estimadas próximas a 50 kg ha-1.

Palavras-chave


evapotranspiração; nitrogênio; Penman-Monteith; Phaseolus vulgaris; tanque Classe A;

Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.