Nível de ruído emitido por conjunto trator-recolhedora de café

Paulo da Silva Lima Júnior, Jorge Wilson Cortez, Hideo de Jesus Nagahama, Sálvio Napoleão Soares Arcoverde

Resumo


O uso intenso das máquinas agrícolas nas propriedades rurais pode colocar os operadores sob regime de ruído, muitas vezes prejudicial à saúde. O objetivo do trabalho foi avaliar o nível de ruído emitido por conjunto trator-recolhedora de café (Coffea arabica L.) na condição estática e dinâmica. As análises foram realizadas em propriedade do município de Romaria – MG. Na condição estática, foi avaliado o nível de ruído em função da rotação do motor e em função dos fatores posição (direita, esquerda, anterior e posterior) e distâncias laterais (entre 0 e 10 m). Na condição dinâmica, foi avaliado o nível de ruído emitido pelo conjunto trator-recolhedora em função dos fatores posto de trabalho (ajudante e operador) e marchas de deslocamento. Foi utilizado o delineamento inteiramente casualizado (DIC), com comparação de médias pelo teste de Tukey e pela geoestatística para avaliação da dependência espacial. Na condição estática os resultados indicaram que os níveis de ruído aumentam conforme se incrementou a rotação do motor. Os maiores níveis de ruído foram na posição direita do trator, e à medida que se afasta na lateral do posto do operador os níveis de ruído vão reduzindo, sendo que a partir de 3 m já se pode trabalhar sem proteção auricular por oito horas. Na condição dinâmica no posto do operador do trator os níveis de ruídos são maiores quando comparado ao posto do ajudante na recolhedora.


Palavras-chave


geoestatística, mecanização agrícola, nível de pressão sonora

Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.