Efeito de indutores de resistência em híbridos de milho na atratividade do pulgão Rhopalosiphum maidis (Fitch, 1856) (Hemiptera: Aphididae)

André Cirilo de Sousa Almeida, Lucas Pereira Silva, Flávio Gonçalves de Jesus, Luciano Nogueira, Maurílio de Sousa Neto, Paulo César Ribeiro da Cunha

Resumo


O pulgão-do-milho Rhopalosiphum maidis (Fitch,1856) (Hemiptera: Aphididae), é encontrado praticamente em todas as regiões do Brasil, causando danos econômicos a esta cultura. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da aplicação de fontes silicatadas na atratividade e preferência ao pulgão R. maidis em dois híbridos de milho. O experimento foi desenvolvido no Laboratório Entomologia Agrícola do Instituto Federal Goiano - Câmpus Urutaí. A aplicação dos tratamentos foi realizada nas plantas dos híbridos P30K64H e BM207. Foram testados cinco tratamentos: 1 - Testemunha; 2 - Silicato de sódio a 2%; 3 - Silicato de potássio a 2%; 4 - Silicato de Cálcio e Magnésio via solo a 2% e 5 - Acibenzolar-s-methyl (ASM) (25 g ha-1). Estudou-se a atratividade de R. maidis nas plantas tratadas com as fontes silicatadas em testes de não-preferência com e sem chance de escolha. A aplicação de silício contribuiu para o aumento na indução da não-preferência ao Rhopalosiphum maidis em plantas de milho.


Palavras-chave


insecta, MIP, pulgão-do-milho, silício, Zea mays

Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.