Redução da fitointoxicação por herbicidas aplicados no feijoeiro com a utilização de fungicidas

Hudson Kagueyama Takano, Guilherme Braga Pereira Braz, Rubem Silvério de Oliveira Junior, Jamil Constantin, Fabiano Aparecido Rios, Eliezer Antonio Gheno, Denis Fernando Biffe, Luiz Henrique Morais Franchini

Resumo


O controle químico consiste no principal método empregado no manejo de plantas daninhas no feijoeiro, entretanto a utilização de herbicidas pode provocar elevadas injúrias e consequentemente afetar a produtividade da cultura. Recentemente tem sido atribuído a determinados grupos químicos de fungicidas, além da ação sobre fungos fitopatogênicos, a expressão de efeitos benéficos à fisiologia das plantas. O objetivo deste trabalho foi verificar o efeito desempenhado por fungicidas na recuperação da fitointoxicação provocada por herbicidas aplicados em pós-emergência do feijoeiro. Foram instalados quatro experimentos, sendo cada um deles relacionado aos herbicidas aplicados fomesafen, bentazon e [bentazon+imazamox], além de um sem a aplicação de herbicidas. O tratamento de sementes com FTP ([fipronil + tiofanato metílico + pyraclostrobin]) proporcionou incremento na produtividade do feijoeiro no experimento com aplicação de bentazon. Duas aplicações de ASM (acibenzolar-S-methyl) implicam em menores produtividades. Na média dos quatro experimentos, duas aplicações de pyraclostrobin incrementam a produtividade do feijoeiro, enquanto que uma aplicação de pyraclostrobin não difere da testemunha.


Palavras-chave


estrobirulina, Phaseolus vulgaris, respostas metabólicas de plantas.

Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.