Qualidade de mudas de mamão produzidas em substrato com esterco caprino e doses de superfosfato simples

Rafaela Ribeiro de Souza, Sammy Sidney Rocha Matias, Raphael Reis da Silva, Roberto Lustosa Silva, Jessica Stelly Mendes Barbosa

Resumo


A obtenção de produtividade e qualidade de frutos de mamão requer a utilização de mudas bem formadas, que é influenciada pelo substrato e manejo de adubação. Nesse sentido, o objetivou-se avaliar a quantidade de esterco caprino e superfosfato simples na formação de mudas de mamoeiro. O experimento foi conduzido em viveiro com sombrite (50%), na Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Campus de Corrente. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados, arranjados em esquema fatorial 3 x 4 (porcentagem de esterco caprino x doses de superfosfato simples) com quatro repetições. O primeiro fator foi formado por: 0%, 20% e 40% de esterco caprino, enquanto o segundo fator foi constituído pelas doses: 0,0; 1,5; 3,0 e 4,5 Kg m-3 de superfosfato simples. As variáveis avaliadas foram: altura de planta, comprimento de raiz, massa seca da parte aérea e raiz, massa seca total e índice de qualidade de Dickson. A mistura de solo e esterco caprino como alternativa de composto orgânico acrescentado de superfosfato simples proporciona a obtenção de mudas com melhor padrão de qualidade e produção, sendo a proporção de 40% de esterco caprino juntamente com a dose de 1,9 Kg m-3 de superfosfato simples a mais indicada.


Palavras-chave


adubação mineral, Carica papaya, composto orgânico

Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.