Identificação do intervalo de tempo fixo para o emprego da inseminação artificial laparoscópica com sêmen congelado em ovelhas Santa Inês

Mariana Gilberti, Antonio Carlos Duenhas Monreal

Resumo


Entre as biotecnologias da reprodução animal, a indução e controle do estro e a inseminação artificial são frequentemente utilizadas na busca por melhoramento genético e produtividade. O objetivo do presente trabalho foi avaliar a eficiência da inseminação artificial com tempo fixo (IATF) realizada 48, 60 e 72 horas após a retirada do dispositivo interno de liberação de drogas (CIDR), através da fertilidade, em ovelhas deslanadas da raça Santa Inês, inseminadas por laparoscopia, com sêmen congelado durante a estação reprodutiva. Frente aos resultados obtidos, pode-se concluir que o melhor intervalo de horário para a realização da inseminação intra-uterina por laparoscopia com tempo fixo e utilizando sêmen congelado, em ovelhas da raça Santa Inês, está entre 48 e 60 horas.


Palavras-chave


IATF, ovinos, progesterona.

Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.