Potencial bromatológico do capim Piatã cultivado em sistema orgânico

Marco Antonio Previdelli Orrico Junior, Ana Carolina Amorim Orrico, Stanley Ribeiro Centurion, Natália da Silva Sunada

Resumo


O objetivo do trabalho foi verificar o potencial bromatológico do capim Piatã cultivado em sistema orgânico. O experimento foi conduzido em casa de vegetação adotando-se delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial com parcela subdividida no tempo. As parcelas foram compostas por seis tratamentos: dois tipos de compostos (cama de frango a base de cana de açúcar ou capim napier) e três doses (100, 200 e 300 kg.ha-1 equivalente N) e as subparcelas foram cinco períodos de corte. Os compostos foram aplicados em dose única, após o corte de uniformização, nas doses de 100, 200 e 300 kg.ha-1 de N. Foi observado efeito dos períodos de corte, uma vez que as plantas produzidas no verão apresentaram valor nutritivo superior as de inverno. Os teores de fibra em detergente neutro, fibra em detergente ácido, celulose, hemicelulose e lignina apresentaram comportamento linear negativo em função das doses crescentes de nitrogênio. Já os teores de proteína bruta, nutrientes digestíveis totais e os coeficientes de digestibilidade “in vitro” da matéria seca responderam linear e positivamente às doses de nitrogênio. Não foi observada diferença significativa entre os tipos de compostos orgânicos e na interação compostos orgânicos x dose, o que possibilita a recomendação do uso de ambos os compostos orgânicos, sem que ocorresse prejuízo na qualidade das plantas avaliadas.

Palavras-chave


Brachiaria brizantha, digestibilidade, estação do ano

Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.