Produtividade e desempenho de cana soca cultivada em diferentes espaçamentos e doses de adubação nitrogenada em cobertura

Luciana Boulhosa Fabris, José Salvador Simoneti Foloni, Juliano Carlos Calonego, Diego Henriques Santos, Gladston Simões Santos, Paulo Claudeir Gomes Silva

Resumo


A cana-de-açúcar é atualmente uma das culturas mais importantes no cenário socioeconômico brasileiro, por ser a principal matéria-prima utilizada pela indústria sucroalcooleira para a produção de açúcar e etanol, com poucos estudos dedicados a cana soca. O trabalho foi conduzido com objetivo de avaliar o desenvolvimento e a produtividade da cana-soca, plantada em espaçamentos entrelinhas de 1,0 e 1,5 m, submetida a diferentes doses de adubação nitrogenada de cobertura. O experimento foi conduzido em campo, no município de Presidente Prudente, SP. Utilizou-se o delineamento experimental em blocos completos ao acaso, com quatro repetições, no esquema fatorial 4x2, com parcelas sub-divididas, em que nas parcelas foram instalados os espaçamentos entre sulcos de 1,0 e 1,5 m e nas sub-parcelas a adubação nitrogenada de cobertura na cana-soca com 0, 50, 100 e 200 kg ha-1 de nitrogênio sendo aplicado aos 60 dias após o corte (DAC). Foram realizadas análises de produtividade e oBrix aos nove e aos doze meses após o corte. Os resultados foram submetidos à análise de variância e analisados pelo teste Tukey a 5% de probabilidade. Conclui-se que a adubação nitrogenada não influenciou o desenvolvimento e a produtividade da cana soca (segundo corte), tendo o espaçamento entrelinhas de 1,0 m apresentado produtividade superior ao de 1,5 m.

Palavras-chave


Arranjo de plantas; manejo de adubação, Saccharum spp.

Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.