Determinação do conflito de uso da terra nas APPs da rede hidrográfica da microbacia do Ribeirão Água-Fria, Bofete (SP)

Rafael Calore Nardini, Sérgio Campos, Luciano Nardini Gomes, Mariana de Campos, Yara Manfrim Garcia, Gabriel Rondina Pupo da Silveira, Andrea Cardador Felipe

Resumo


O uso inadequado do solo por ações humanas desordenadas vem causando sérios problemas ao meio ambiente, acarretando desequilíbrio ecológico e desgaste de recursos naturais, principalmente quando nos referimos às áreas de preservação permanente. Este trabalho visou avaliar os conflitos de uso do solo em áreas de preservação permanente (APP) na microbacia do Ribeirão Água Fria, Bofete (SP) através de Sistema de Informações Geográficas e imagem de satélite do Landsat 5, passagem de 23 de julho de 2010. A área de estudo localiza-se entre as coordenadas geográficas 48º 09’ 30” a 48º 18’ 30” de longitude WGr. e 22º 58’ 30” a 23º 04’ 30” de latitude S com uma área de 15242,84 ha. Os resultados permitiram verificar que as técnicas de geoprocessamento foram importantes na identificação e quantificação das áreas de uso da terra em APP, uma vez que estão sendo usadas inadequadamente, principalmente por pastagens e reflorestamento.


Palavras-chave


APP’s, conflitos de uso do solo, preservação ambiental, sistema de informação geográfica

Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.