Rendimento de grãos de soja em diferentes arranjos espaciais

Jorge Falkoski Filho, Cristiane Gonçalves Gardiano, Gustavo Migliorini de Oliveira, Lenio Cesar Moraes de Camargo, Marcelo Gonçalves Balan, Otavio Jorge Grigoli Abi Saab

Resumo


O objetivo do experimento foi avaliar o desempenho agronômico da soja em diferentes arranjos espaciais. O delineamento experimental adotado foi o inteiramente casualizado, com três tratamentos e oito repetições, sendo três arranjos, em uma população de 250 mil plantas por hectare. Os resultados obtidos foram submetidos à análise de variância, pelo teste F, sendo a diferença entre médias dos tratamentos separadas pelo teste de Tukey a 5 % de probabilidade de erro. O número de vagens e o rendimento foram maiores com o arranjo que possui o menor espaçamento entre linhas e maior entre plantas em uma mesma população de plantas. A massa de mil grãos se manteve em diferentes arranjos de plantas.

Palavras-chave


competição, densidade, espaçamento, semeadura

Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.