Ajuste de equações lineares de suscetibilidade a vento em eucalipto submetido a desrama artificial

Ariana de Lima Cardoso, Antônio Marcos Rosado, Aderbal Gomes da Silva

Resumo


O objetivo do trabalho foi verificar por meio de equação de regressão linear a influência de diferentes níveis de desrama artificial, na redução da porcentagem de danos provocados pelo vento em hectares de florestas clonais de Eucalyptus urophylla x Eucalyptus grandis. O ajuste baseou-se na diminuição da porcentagem de danos por hectare em função de valores médios de força de resistência das árvores a quebra. O aumento da resistência da madeira apresentou alta correlação com a diminuição da porcentagem de perdas por hectares de florestas do híbrido Eucalyptus urophylla x Eucalyptus grandis. As perdas em áreas onde não houve a implantação da desrama artificial, observou-se 12,54% de dano por hectare para T, 6,39% de dano por hectare para D1 e 1,70% de dano por hectare para D2. A porcentagem de danos por hectare é maior na região de baixada em relação à testemunha da região de encosta. O ajuste de equação mostrou-se como uma ferramenta útil na previsão da porcentagem de hectares danificados pelo vento. A aplicação do nível de desrama D2 contribui para o aumento da resistência a quebra pelo vento.

Palavras-chave


Danos ao povoamento, plantio clonal, resistência

Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.