O uso do método PDCA e de ferramentas da qualidade na gestão da agroindústria no estado de Mato Grosso do Sul

Marcelo Carvalho dos Anjos, Celso Correia de Souza, Ivo Martins Cezar, Edison Rubens Arrabal Arias, José Francisco dos Reis Neto

Resumo


A presente pesquisa buscou avaliar o nível de conhecimento e o uso do método Plan, Do, Check, Action (PDCA) e de ferramentas da qualidade no agronegócio de Mato Grosso do Sul (MS), bem como a relação entre o uso dessas técnicas e o desempenho das empresas que as utilizam. Para isso, realizou-se uma pesquisa exploratória descritiva, usando uma amostra de empresas agroindustriais de Mato Grosso do Sul, aplicando-se um questionário semi-estruturado aos profissionais dirigentes das mesmas. Constatou-se que o número de agroindústrias que utilizam o método PDCA é pequeno, enquanto é moderado o número de empresas que usam alguma ferramenta da qualidade no gerenciamento de seus processos. Com relação ao impacto do uso dessas técnicas nos processos industriais, observou-se que houve melhorias em grande parte das agroindústrias que as utilizam. Constatou-se que o não conhecimento dessas técnicas é um dos fatores mais relevantes para a não utilização das mesmas. Foi possível identificar algumas características de empresas que utilizam mais efetivamente o método PDCA e ferramentas da qualidade, que são: maior número de funcionários; maior nível de instrução de suas equipes e maior nível de automação de processos.

 


Palavras-chave


qualidade total; gráficos de controle; diagrama de Pareto

Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.