Desempenho reprodutivo de borregas da raça Suffolk criadas com suplementação em comedouro privativo

Jessé Siqueira Ortiz, Ciniro Costa, Cledson Augusto Garcia, Paulo Roberto de Lima Meirelles, Rodolfo Cláudio Spers, Alexandre de Moura Guimarães, Marina Gabriela Berchiol da Silva

Resumo


Com o objetivo de avaliar o efeito dos níveis de suplementação com concentrado contendo 25 % de PB e 3,18 Mcal EM kg-1 MS-1 para cordeiras em pastagem com comedouro privativo sobre o peso e desempenho em distintas idades, início da puberdade e desempenho reprodutivo, foram utilizadas 21 cordeiras Suffolk, divididas em três lotes, sem e com suplementação, alimentadas do nascimento ao desmame com dois níveis de ingestão de concentrado (300 e 600g dia-1) fornecido uma vez ao dia com o registro das sobras diárias. As cordeiras foram identificadas, pesadas ao nascimento e a cada 30 dias, sendo desmamadas aos 60 dias. Não houve diferença significativa para peso e ganho médio de peso diário aos 30 dias de idade. O peso e ganho médio de peso diário foram influenciados pelo nível de suplementação alimentar. O lote com consumo de 600 g mostrou desempenho superior aos demais lotes aos 60 e 120 dias de idade. Para os lotes de 300 gramas e sem suplementação não houve diferença para os parâmetros analisados. A disponibilidade de 600 g diários de concentrado para as cordeiras até o desmame promoveu maior ganho médio de peso diário aos 60 e 120 dias de vida e melhor desempenho reprodutivo no segundo ano de cobertura.


Palavras-chave


creep feeding; ovinos; borregas; idade a puberdade

Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.