Análise micromorfométrica de agregados de um Latossolo vermelho distroférrico sob diferentes sistemas de cultivo

Jucélio Marcos de Carvalho, Cassiano Cremon, Nilbe Carla Mapeli, Maria Cândida Moitinho Nunes, Wininton Mendes da Silva, Ademir Souza Santos

Resumo


O objetivo desse trabalho foi avaliar as características micromorfométricas de um Latossolo Vermelho Distróferrico sob influência de diferentes sistemas de cultivo: cana de açúcar, pastagem e mata nativa. Para isso delimitaram-se áreas de 2 ha das quais foram retiradas as amostras de agregados. Foram abertas trincheiras e coletados os agregados retidos no intervalo de 9,52 a 4,76 mm nas profundidades de 0,0-0,1 e 0,1-0,2 m. As análises dos agregados foram realizadas com auxílio de imagens digitais obtidas via scanner (400 dpi) em 60 agregados dispostos em um tabuleiro de furos desencontrados. As imagens foram posteriormente analisadas com o programa Quantporo. As características analisadas dos agregados foram: área, perímetro, aspecto e rugosidade. Os resultados demonstraram que o solo cultivado com cana-de-açúcar apresentou tendência à agregação nas duas camadas estudadas, porém apresentando maior parte dos agregados preponderantemente quadrados e lisos. O solo sob mata nativa apresentou agregados menores, porém, com características de mais arredondados e rugosos. O sistema com pastagem apresentou maior parte dos agregados com características de mais arredondados e lisos. A variável rugosidade mostrou-se sensível à mudança de uso do solo, apresentando mudanças na estrutura externa dos agregados.


Texto completo:

PDF




Revista Agrarian 
e-ISSN 1984-2538

Licença Creative Commons

Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.