Efeito da concentração de inóculo sobre a reprodução de Rotylenchulus reniformis em cultivares de soja

Paulo César Cardoso, Guilherme Lafourcade Asmus, Manoel Carlos Gonçalves

Resumo


O objetivo deste  trabalho  foi avaliar o  efeito da  concentração de  inóculo  sobre  a  reprodução de Rotylenchulus  reniformis em cultivares de  soja. O ensaio  foi conduzido na casa de vegetação da Embrapa Agropecuária Oeste, em Dourados, MS, no período de novembro de 2008 a janeiro de 2009 e utilizaram-se as cultivares M-Soy 8001 e BRS 239. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com seis repetições. Cada plântula de soja foi inoculada com concentrações de: 0,0; 0,25; 0,5; 1,25; 2,5 e 5 ovos e juvenis do nematoide por mL de solo. Após 60 dias da inoculação, os nematoides foram extraídos das raízes e estimados os fatores de reprodução e os números de nematoides por grama de raiz. A cultivar M-Soy 8001 obteve índices baixos de multiplicação do nematoide e confirmou ser resistente. Entretanto, a cultivar BRS 239 apresentou elevada a multiplicação do nematoide. Os resultados obtidos indicam que a reprodução de R. reniformis é afetada pela concentração do nematoide no  inóculo. A concentração ótima para a maior multiplicação de R. reniformis é 3,25 e 3,75 ovos e  juvenis do nematoide por mL de solo, para o genótipo BRS 239 e M-Soy 8001, respectivamente. 


Palavras-chave


Glycine max L., inoculação, multiplicação, nematoide reniforme.

Texto completo:

PDF


Revista Agrarian
ISSN da versão impressa: ISSN 1984-252X (Cancelada)
ISSN da versão online: ISSN 1984-2538

 

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.