Histórico do periódico

A Revista Raído foi criada pelo rograma de Pós-Graduação em Letras da Faculdade de Faculdade de Comunicação, Artes e Letras (FACALE) em 2007, momento histórico da vida institucional da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD.

Metaforizando a imagem regional do “peão do erval” conduzindo o “raído”, feixe de erva-mate, a capa da 1º edição da Raído ilustra a variedade e o amarramento dos variegados ramos em feixe que caracterizam o perfil de uma revista que, ao reunir sua própria colheita, vai além, transpõe fronteiras entre “o próprio e o alheio”, ao mesmo tempo em que verifica a noção produtiva de fronteira como espaço de transição, de contaminação e de migração de temas.

A Raído é fruto, portanto, da lição contemporânea de que o olhar para o Outro não deve turvar o olhar sobre o que é próprio, sobre o local; o olhar para longe, à distância no tempo e no espaço, não se complementa sem o olhar do presente e do ato de enunciação.