A historiografia da teologia da libertação na América Latina e a questão dos pares assimétricos

Mairon Escorsi Valério

Resumo


O objetivo deste artigo é apresentar como a historiografia da teologia da libertação na América Latina foi influenciada por uma literatura militante que construiu uma interpretação deste movimento a partir de pares assimétricos conceituais. O texto busca desconstruir um desses pares assimétricos, Igreja Popular/Igreja Oficial, apontando sua limitação explicativa.

Palavras-chave


Historiografia. Teologia da Libertação. América Latina.

Texto completo:

PDF


Fronteiras: Revista de História - PPGH/FCH/UFGD
 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.